fbpx

VEÍCULOS DE IMPRENSA DE JUIZ DE FORA/MG OUVEM OBSERVADOR CERTIFICADO SOBRE DIVERSOS TEMAS DURANTE MAIO AMARELO

O Observador Certificado pelo OBSERVATÓRIO Nacional de Segurança Viária, José Luiz Britto Bastos, foi procurado por vários veículos de imprensa de Juiz de Fora, em Minas Gerais, para falar sobre temas diversos relacionados ao trânsito local durante o mês de maio. Foram entrevistas para TV, Rádio e jornal impresso.

Importância da sinalização horizontal para o trânsito em Juiz de Fora/MG

A sinalização horizontal tem como objetivo orientar motoristas e pedestres sobre a situação da via em que estão trafegando. Em Juiz de Fora, no entanto, o desgaste das pinturas dessas sinalizações tem impedido que isso ocorra de forma adequada, causando transtornos para quem trafega em ruas e avenidas. A Tribuna esteve em alguns desses pontos e registrou o problema, que acontece em bairros de várias regiões da cidade e se agrava onde há mais circulação de veículos.

O especialista em trânsito e mestre em engenharia de transportes José Luiz Britto explica que a sinalização viária é um conjunto de símbolos divididos em diferentes formatos e serve justamente para organizar o trânsito no mundo inteiro. “Essa sinalização padronizada traz mais segurança e é destinada a todas as categorias de usuários: condutores de veículos, ciclistas e pedestres”, explica.

Para ele, é bastante claro que a falta de sinalização aumenta o risco de acidentes. “O motorista entra em uma curva, sem a velocidade adequada, e não saberá qual decisão tomar. Na visão dele é inconcebível uma via estar aberta para os condutores sem que esteja plenamente sinalizada. Para que uma rodovia seja inaugurada, ela deve estar completa”, exemplifica.

Leia a matéria completa: https://tribunademinas.com.br/noticias/cidade/08-05-2022/sinalizacao-horizontal-desgastada-oferece-riscos-em-juiz-de-fora.html

Fotos: Fernando Priamo/Tribuna de Minas

Lei estabelece criação de estacionamentos de bicicletas em Juiz de Fora/MG

Alterosa Alerta, programa jornalístico da TV Alterosa afiliada ao Sistema Brasileiro de Televisão, informou sobre a criação da Lei que estabelece a criação de estacionamentos de bicicletas. O Observador Certificado pelo OBSERVATÓRIO Nacional de Segurança Viária, José Luiz Britto Bastos, foi uma das fontes entrevistadas pela reportagem para comentar a criação da lei.

“Juiz de Fora não tem ciclovias, é completamente avessa às bicicletas, a impressão que a gente tem. A prioridade aqui é absoluta do automóvel. Agora, a gente tem que mudar isso, o mundo inteiro está mudando. Mobilidade ativa, precisamos pensar nas bicicletas, temos que pensar nas caminhadas a pé, temos que pensar no transporte público para retirar o automóvel das vias, que é o que atravanca as vias, provoca os congestionamentos e atrasa a vida nas cidades, a mobilidade urbana”, destacou José Luiz Britto.

Assista à entrevista completa:

Programa de debates da Rádio Play Hits recebe Observador Certificado para falar sobre instalação de radares e aumento de tarifa da área azul em Juiz de Fora

Os apresentadores da Rádio Play Hits de Juiz de Fora, Gustavo Fonseca e Alberto Bejani receberam José Luiz Britto Bastos, especialista em mobilidade urbana e Observador Certificado, e Francisco Mello, advogado, com a abordagem sobre o trânsito em Juiz de Fora: a instalação de 54 radares em maio e o aumento da tarifa de Área Azul.

Durante o programa, José Luiz explicou o surgimento do Movimento Maio Amarelo, apresentou alguns dados relacionados ao trânsito mundial e brasileiro e, argumentou sobre a questão dos radares em Juiz de Fora. “Eles não seriam necessários se as pessoas fossem  educadas suficientemente para respeitar as velocidades estabelecidas para a via”, frisou.

Assista ao debate completo: https://web.facebook.com/radioplayhitsjf/videos/1037307816908766

Sem comentários

Escreva um comentário

Translate »