Rio Grande do Norte registra queda no número de vítimas fatais no trânsito através de campanhas educativas, como o Maio Amarelo

Matéria do G1 RN, de 28 de novembro, relata que o trânsito no Rio Grande do Norte apresentou queda no número de mortes entre os meses de janeiro a outubro de 2019, comparando ao mesmo período de 2018, graças às campanhas educativas para a conscientização da sociedade, como o Maio Amarelo.

Foram 414 vítimas fatais neste ano, no ano passado, 487. O levantamento foi feito pelo Centro Integrado de Operações em Segurança Pública (Ciosp) do Instituto Técnico-Científico de Perícia (ITEP-RN) e do Setor de Estatística do Departamento Estadual de Trânsito do RN (Detran-RN).

Acidentes envolvendo colisão com animais registraram a maior queda de vítimas fatais (75%). Neste ano foram três mortes, contra 12 em 2018. Houve também, diminuição nos óbitos envolvendo motociclistas (70,8%). De janeiro a outubro de 2019, foram 52 falecimentos, contra 178 do mesmo período no ano passado. Porém, houve um acréscimo de 800% em mortes causadas por queda de veículo. Foram 18 vítimas fatais em 2019, contra duas no ano passado.

Segundo o subcoordenador de Educação no Trânsito do Detran-RN, o órgão trabalha com blitzen educativas e palestras para conscientizar os condutores. Ele também ressalta que o Detran desenvolve campanhas educativas para conscientizar a população e aponta que ações pontuais como o Maio Amarelo e campanhas de valorização da faixa de pedestre são as mais eficazes. “O cidadão deve ter a consciência que quando sofre um acidente, não é só ele quem sofre. Existe um ciclo enorme após o trauma”, alerta.

Leia a matéria em: https://g1.globo.com/rn/rio-grande-do-norte/noticia/2019/11/28/numero-de-mortes-no-transito-cai-15percent-em-2019-no-rio-grande-do-norte-diz-detran.ghtml

Foto: Klênio Galvão/Inter TV Cabugi

Sem comentários

Escreva um comentário

Translate »
pt_BRPortuguese
pt_BRPortuguese