fbpx

NO MAIO AMARELO, PROJETO DE LEI CRIA DIA EM MEMÓRIA ÀS VÍTIMAS DA PANDEMIA NO TRÂNSITO

PREFEITURA DO NATAL
SECRETARIA MUNICIPAL DE MOBILIDADE URBANA

Caro jornalista,
RELEASE
NO MAIO AMARELO, PROJETO DE LEI CRIA DIA EM MEMÓRIA ÀS VÍTIMAS DA PANDEMIA NO TRÂNSITO
>>> No Maio Amarelo, a Prefeitura do Natal – por meio da Secretaria Municipal de Mobilidade Urbana – está enviando para Câmara Municipal projeto de Lei que institui o Dia Municipal de Mobilização em Memórias Das Vítimas de Trânsito.
O objetivo da proposta é celebrar a data todo ano, no terceiro domingo de novembro, dia que marca também uma alusão à reflexão Mundial em Memória às Vítimas de Trânsito – criando assim uma cadeia cadeia de ações ecumênicas e educativas no município em memória às vítimas da pandemia na mobilidade.
Além de homenagear as pessoas que perderam suas vidas, a criação da Lei é uma demanda por atenção e também por reconhecimento dos esforços daqueles profissionais que lutam diariamente para salvar vidas no trânsito – desde do agente de mobilidade, a turma de manutenção viária, engenharia, fiscalização e educação de trânsito até as equipes de saúde, enfermeiros e médicos.
O projeto segue agora para o Legislativo e depois de aprovado em plenário retornará ao Palácio Felipe Camarão, onde será sancionado pelo Prefeito Álvaro Dias. O projeto é fruto da gestão do Observador Certificado do Observatório Nacional de Segurança Viária, filósofo e educador, Guto Castro que apresentou e realizou gestões junto a Secretaria Municipal de Mobilidade Urbana no sentido de sensibilizar o Executivo municipal. O pensador justificou a proposta, argumentando que “apesar de existir o Dia Mundial em alusão às vítimas, a celebração do Dia Municipal é uma homenagem à memória local dos mártires que perderam sua vida na mobilidade.”

GUTO CASTRO
Assessoria de Comunicação Social da STTU.
TEL: 3232 9121 / 98794 4431
e-mail: assessoria.semob@gmail.com

  • GUTO CASTRO
  • Outro.
  • 14/05/2021
  • Mais de 5.000 pessoas.
  • Rio Grande do Norte.
  • Nata (RN)
Sem comentários

Escreva um comentário

Translate »