fbpx

MAIO AMARELO E VISÃO ZERO PELA REDUÇÃO DE SINISTROS DE TRÂNSITO NO BRASIL

Observador Certificado destaca no caderno Mobilidade do Estadão a implantação de políticas públicas de mobilidade para a redução de tragédias no trânsito

Mestre em engenharia dos Transportes e Observador Certificado pelo OBSERVATÓRIO Nacional de Segurança Viária, José Luiz Britto Bastos, destacou no caderno de Mobilidade do Estadão, o Movimento Maio Amarelo e a metodologia do conceito Visão Zero para a redução de mortes e lesões no trânsito brasileiro.

“’Juntos salvamos vidas’ é o tema desta edição do movimento Maio Amarelo, que atua desde 2014. Desde aquela época, o Observatório Nacional de Segurança Viária trabalha no sentido de reduzir a tragédia dos acidentes de trânsito, no Brasil, que, até 2019, registrava em torno de 35 mil vítimas fatais, por ano. O foco do Observatório é a metodologia Visão Zero, que teve origem na Suécia, na década de 1990, e adota a abordagem de um sistema totalmente voltado para a segurança viária, sem admitir mortes ou lesões no trânsito, destacou José Luiz.

Alguns fatores podem e devem ser motivo de reflexão: o mundo tem, hoje, 1,4 bilhão de veículos em circulação, e, por enquanto, na maioria dos países, o automóvel tem total prioridade. Segundo a arquiteta e urbanista Meli Malatesta, da Companhia de Engenharia de Tráfego de São Paulo, ‘a engenharia de tráfego está sempre preocupada em promover a fluidez do trânsito e, desde sempre, para os carros; devemos lembrar, inclusive, que o transporte coletivo nunca foi considerado objeto de prioridade, a não ser mais recentemente’.

A redução da velocidade dos automóveis nas áreas centrais das cidades, com a implantação das, ainda pouco comuns no Brasil, Zonas 30, ou seja, permissão para trafegar, nas vias do centro, a 30 km/h, no máximo, é um bom começo. A medida faz sentido porque estudos internacionais apontam que, nessa velocidade, a vítima de atropelamento tem cerca de 90% de chance de sobreviver. E automóveis a 30 km/h causam menos medo aos pedestres e ciclistas, o que foi constatado, em Londres, com base na implantação das Zonas 30.

Leia a matéria completa: https://mobilidade.estadao.com.br/mobilidade-com-seguranca/visao-zero-e-a-reducao-de-acidentes/

Sem comentários

Escreva um comentário

Translate »