Carros da Stock Car ganharam o laço amarelo na 5ª etapa da temporada

A Stock Car promoveu, na 5ª etapa da temporada realizada em Santa Cruz do Sul (RS), ações para a campanha Maio Amarelo, em parceria com a CBMM (Companhia Brasileira de Metalurgia e Mineração). Todos os carros da principal categoria do automobilismo brasileiro ganharam o laço amarelo, símbolo do movimento mundial para a redução dos acidentes de trânsito em e favor da vida.

“Queremos usar o nosso poder de influência nas pessoas de maneira positiva, para termos um trânsito cada vez mais seguro para todos”, destaca Rodrigo Mathias, CEO da Vicar Promoções Desportivas, empresa que organiza a Stock Car. Um dos principais pilares de atuação da categoria é a segurança. Nos últimos anos, a Stock Car avançou no desenvolvimento do tema, podendo, atualmente, se considerar uma das categorias mais seguras do automobilismo mundial. “A segurança permeia todas as nossas ações dentro da categoria. Por conta disso, a Stock Car amplia o horizonte das pistas e apoia o Maio Amarelo, com o objetivo de fazer o país a ter um trânsito mais seguro”, diz Mathias.

“A segurança automotiva é uma das metas do desenvolvimento de tecnologias do Nióbio e o Maio Amarelo é uma oportunidade para contribuirmos para um trânsito mais seguro”, comenta Rodrigo Amado, Gerente de Desenvolvimento de Tecnologia de Materiais Automotivos da CBMM. A Companhia trabalha em parceria com as montadoras e fabricantes de componentes automotivos em busca de soluções estruturais envolvendo aços de alta resistência a serem aplicadas na estrutura de automóveis.

A CBMM é líder mundial em produtos de Nióbio, metal aplicado em atividades industriais como a fabricação de automóveis, de estruturas metálicas e turbinas de aeronaves. Seu principal produto é o ferronióbio, que confere melhoria de propriedades em produtos de aço. Carros com maior composição de Nióbio têm estruturas mais flexíveis, que absorvem mais impacto em colisões, além de serem mais leves e, portanto, mais eficientes.

 

Sem comentários

Escreva um comentário

Translate »