fbpx

Abordagem TEA (Transtorno do Espectro Autista) foi tema de evento em Gaspar no calendário do Maio Amarelo

Gaspar é um município do Estado de Santa Catarina, no Sul do Brasil. Localizado na região do Vale Europeu, entre Blumenau e Itajaí, sua população atual é 71.925 habitantes, segundo estimativas do IBGE (2021). A cidade ganha grande destaque com a rota das águas, devido ao grande número de parques aquáticos e foi reconhecida nacionalmente por ser a Capital Nacional da Moda Infantil.
A Prefeitura Municipal de Gaspar, por meio da Superintendência de Trânsito do Município, realizou no dia 19 de maio de 2022 no Fazzenda Park Hotel em Gaspar, o evento do Maio Amarelo em prol do Autismo.
O mesmo teve a participação de órgãos de trânsito das cidades de Blumenau, Florianópolis, Pomerode, Itapema, Indaial e Mafra, AMA de Gaspar, AMA de Blumenau, juntamente com integrantes do Corpo de Bombeiros e Policia Militar do Estado de Santa Catarina.
O evento contou com a participação de mais de 100 pessoas. Segundo dados mundiais, existem hoje um caso de Transtorno do Espectro Autista (TEA) a cada 44 pessoas no mundo. Utilizando essa referência para Gaspar, com cerca de 70 mil habitantes, a estimativa é de que o município tenha cerca de 1540 pessoas com o diagnóstico. Uma quantidade expressiva de pessoas que precisam ter suas necessidades atendidas, inclusive no trânsito.
Por esse motivo, Agentes da Superintendência de Trânsito de Gaspar e regiões, passaram por um treinamento sobre abordagens e possíveis situações para pessoas com TEA.
Ao final do evento foi exibida uma Carta Aberta em apoio aos autistas, assinada por representantes da Policia Militar de Santa Catarina, Superintendência de Trânsito, AMA Gaspar e AMA Blumenau. A mesma será direcionada para diversas autoridades, propondo outorgar conhecimento da importância da causa.
Gaspar emitiu ainda no mês de Maio a primeira credencial de autista do Estado de Santa Catarina, tendo em vista a inclusão das pessoas com TEA. O Superintendente de Trânsito, Maico Rodrigo Ebertz, falou sobre a ação: – “O trânsito é um espaço democrático e deve ser também um espaço de inclusão. Queremos possibilitar para nossa comunidade que tenham conhecimento sobre os aspectos que envolvem o autista e assim, fazer com que o trânsito seja um espaço mais democrático à todos”, conta Ebertz.
O Maio Amarelo tem o propósito de conscientizar a população a respeito da segurança viária, tendo em vista os altos índices de acidentes envolvendo mortes e feridos no trânsito em todo o mundo.
Na cidade de Gaspar foram expostos outdoors e entregues folders, afim de que se tenha uma antevisão ao acontecimento citado.
Sendo assim, embora a idéia de diminuir o número de acidentes no trânsito pareça utópica, é possível amenizar seus efeitos ao sensibilizar e compreender melhor sobre as atitudes corretas e assertivas no trânsito.
O movimento Maio Amarelo em Gaspar alcançou cerca de 60.000 pessoas, dentre elas, 6.000 crianças e adolescentes, resultado de todo empenho e comprometimento da equipe e dos apoiadores que fizeram com que fosse possível realizar esse movimento.
Segue abaixo a carta Aberta, bem como as fotos do evento:

Sem comentários

Escreva um comentário

Translate »