50 municípios participarão do 1º Seminário de Segurança Viária e Integração de Órgãos Gestores dia 29, em Paulínia (SP)

50 municípios participarão do 1º Seminário de Segurança Viária e Integração de Órgãos Gestores dia 29, em Paulínia (SP)

Cinquenta municípios já se inscreveram para participar do 1º Seminário de Segurança Viária e Integração de Órgãos Gestores que acontece no dia 29 de maio, das 9h às 17h, na Câmara de Paulínia (SP).

O encontro, realizado pela Prefeitura de Paulínia, em parceria com o OBSERVATÓRIO Nacional de Segurança Viária e a MD Consultoria, irá discutir de maneira prática e eficiente todas as vertentes que influenciam a gestão pública e a necessidade de uma maior integração entre as esferas Federal, Estadual e Municipal.

As inscrições podem ser feitas em: https://goo.gl/forms/V9ViFdDEl5pMGvCP2.

Programação do evento

8h30    – Welcome coffee e inscrições

9h30    – Abertura oficial

10h15 – Os impactos dos acidentes de trânsitos nos gastos municipais

José Aurelio Ramalho – Observatório Nacional de Segurança Viária

Gustavo Fraga – SBAIT (Soc. Brasileira de Atendimento Integrado ao Traumatizado e Unicamp (Universidade Estadual de Campinas)

10h50 – Coffee Break

 

11h35 – A importância da municipalização

Mediador: José Aurelio Ramalho

Engenharia – Eng°. Rui Voldinei Pires

Educação – Roberta Mantovani

Fiscalização – Renato Campestrini

12h40 – Ferramentas e suporte técnico e administrativo aos municípios

Mediador: José A. Ramalho

Marcius Davila – MD Consultoria

14h15 – Almoço

15h00 – Integração dos órgãos de trânsito e de segurança como forma de gestão compartilhada nos Estados e Municípios

Mediador: José Aurelio Ramalho

Representante EMDEC (Empresa Municipal de Desenvolvimento de Campinas)

Coronel Marcelo Hosé Rabello Vianna – CPTRAN (Comando de Policiamento de Trânsito de São Paulo)

Comandante Márcio Frizarin – Guarda Municipal de Campinas

15h35 – Coffee break

16h20 – Municipalização do trânsito – desafios e oportunidades   

Paulo Guimarães (Sec. de Mobilidade Urbana de São José dos Campos)

Frederico Pierotti Arantes – CETRAN (Conselho Estadual de Trânsito de São Paulo)

17h00 – Encerramento e considerações finais

 Municípios inscritos

Do Estado de São Paulo – Amparo, Araraquara, Assis, Boituva, Bom Jesus dos Perdões, Botucatu, Caieiras, Cajamar, Campinas, Capivari, Campos de Jordão, Diadema, Embu Guaçu, Franco da Rocha, Guarujá, Guararema, Guarulhos, Hortolândia, Itanhém, Itapevi, Itararé, Jacareí, Limeira, Louveira, Mairinque, Mogi Mirim, Monte Mor, Nova Odessa, Novo Horizonte, Paulínia, Santo Antônio do Pinhal, Santo André, São Bernardo do Campo, São Caetano do Sul, São José do Rio Preto, São Paulo, Sumaré, Tietê, Valinhos, Vargem Grande do Sul, Vinhedo e Votuporanga.

Do Estado do Espírito Santo – Cariacica e Marataízes

Do Estado de Minas Gerais – Andradas, Contagem, Governador Valadares e Pouso Alegre

Do Estado do Rio de Janeiro – Rio de Janeiro

Do Estado de Sergipe – Boquim.

As diretrizes do evento são: avançar na construção conceitual de um enfoque sustentável de desenvolvimento de políticas públicas de mobilidade urbana como fator de segurança viária nas cidades; contribuir com o conhecimento de boas práticas exitosas e “cases” de sucesso no desenvolvimento e gestão compartilhada de segurança pública e mobilidade urbana; identificar e fornecer recomendações e subsídios capazes de incentivar a integração de políticas públicas de segurança pública nas ações de fiscalização e operações de trânsito; divulgar e capacitar em métodos e instrumentos desenvolvidos para o fortalecimento de práticas de ações integradas de prevenção de acidentes de trânsitos e utilização de tecnologias como forma de fiscalização e gestão de cidades inteligentes; contribuir para o fortalecimento de redes de intercâmbio e solidariedade na região entre atores urbanos comprometidos com a promoção do trânsito seguro, através de instrumentos de captação de dados estatísticos de forma a construir juntos campanhas educativas com a finalidade de reduzir gastos públicos com os custos dos acidentes de trânsito; discutir sobre a ampliação e incorporação dos munícipios ao Sistema Nacional de Trânsito, como forma de desenvolver uma troca permanente de experiências e institucionalizar encontros municipais para efeitos de intercâmbios futuros.

Sem comentários

Escreva um comentário

Translate »