Ações & Notícias

Nomeados os Representantes do Movimento Maio Amarelo 2018

Após 45 dias de abertas as inscrições para representantes do Movimento Maio Amarelo 2018 nos estados brasileiros, o OBSERVATÓRIO Nacional de Segurança Viária divulga os nomes dos eleitos para auxiliar as ações em seus estados.

Em 2018, ao completar cinco anos, o Movimento Maio Amarelo amplia sua rede de representantes voluntários. “Recebemos uma centena de inscritos e, foram eleitos pela comissão do OBSERVATÓRIO, dois representantes por estado, sendo um da sociedade civil organizada e sem vínculo com órgãos públicos, e outro que representará o setor público. Foram considerados o histórico de ações desenvolvidas pelos candidatos em ações do Maio Amarelo dos últimos anos e o currículos de atuação em prol do trânsito seguro. Outro ponto foi a renovação, ou seja, demos a oportunidade a outras pessoas de carregar esta bandeira”, destaca José Aurelio Ramalho, diretor-presidente do OBSERVATÓRIO.

 

“Todos os inscritos, independente de terem sido eleitos, receberão os conteúdos do movimento em primeira mão para que possam efetuar as ações em suas áreas de atuação, pois entendemos que todos têm em seu DNA a causa, e farão muito pelo movimento, independente da nomeação deste ano”, reforça Ramalho.

 

Responsabilidade dos representantes

Os representantes são voluntários e terão como tarefas fornecer informações sobre o Movimento a toda a sociedade, estimular os veículos de comunicação a divulgar e discutir o tema trânsito, conceder entrevistas e depoimentos, propagar a conduta lícita, respeitosa e prudente no trânsito e realizar atividades referente ao Maio Amarelo em seu estado, entre outras atividades frequentes. Eles serão orientados sobre como realizar atividades para o Movimento Maio Amarelo, não somente no mês que marca o movimento, mas durante todo o ano.

 

“Os representantes são peças fundamentais para fomentar as ações do Maio Amarelo por todo o país e, assim, motivar e envolver mais pessoas a se engajarem por um trânsito mais seguro. Os representantes também somam forças pela redução dos acidentes”, diz o diretor-presidente.

 

Sobre o Movimento Maio Amarelo

O Movimento Maio Amarelo propõe uma ação coordenada entre o Poder Público, iniciativa privada e a sociedade civil para discutir o tema segurança viária e mobilizar toda a sociedade, envolvendo os mais diversos segmentos: órgãos de governos, empresas, entidades de classe, associações, federações e sociedade civil organizada a engajar-se em ações e propagar o conhecimento, abordando toda a amplitude que a questão do trânsito exige, nas mais diferentes esferas.

LINHA

 

Nós somos o trânsito

O tema do Movimento Maio Amarelo para 2018 é “Nós somos o trânsito”, seguindo um histórico de proposição para motivar a sociedade a pensar e agir para um trânsito mais seguro. O tema de 2018 foi discutido com a Associação Nacional de Detrans (AND) e foi apresentado em reunião do Conselho Nacional de Trânsito (Contran).

Assim como em 2017, o mote de 2018 propõe o envolvimento direto da sociedade nas ações e propõe uma reflexão sobre uma nova forma de encarar a mobilidade. Trata-se de um estímulo a todos os condutores, seja de caminhões, ônibus, vans, automóveis, motocicletas ou bicicletas, e aos pedestres e passageiros, a optarem por um trânsito mais seguro.

 

Abaixo a relação dos representantes do Movimento Maio Amarelo 2018:

 

 

ALAGOAS

Antonio Alberto Monteiro de Souza – poder público

Jose Reges Costa Freire – sociedade

 

AMAPÁ

Inácio Monteiro Maciel – poder público

 

AMAZONAS          

Getúlio de Jesus Lopes Júnior – poder público

Haniery Abreu Mendonça – sociedade

 

BAHIA

Lucio Gomes – poder público

Antonio Edson Souza Meira Júnior – sociedade

 

CEARÁ

Caio Assunção Torres – poder público

Luís Carlos Paulino – sociedade

 

DISTRITO FEDERAL

Fábio Vargas Mendes – poder público

 

ESPÍRITO SANTO

Jakeline Rodrigues Ornellas Frizzera – sociedade

 

GOIÁS

Maria de Fátima Rodrigues – poder público

Camila Souza Dantas Mota – sociedade

 

MARANHÃO

Rositânia Pereira de Farias – poder público

Francisco de Assis Peres Soares – sociedade

 

MATO GROSSO

Aleciane Cristina Sanches de Andrade – sociedade

 

MATO GROSSO DO SUL

Roberto Hashioka Soler  – poder público

Jaqueline da Silva Tsalikis – sociedade

 

MINAS GERAIS

Rosely Fantoni – poder público

Roberta Torres – sociedade

 

PARÁ

Marcelo da Silva Santos – poder público

Mario Martins Junior – sociedade

 

PARAÍBA

Abimadabe Vieira – poder público

Gilcélio Gonçalves Sarmento – sociedade

 

PERNAMBUCO

Luciana Carvalho – poder público

Carlos Alberto Valle – sociedade

 

PARANÁ

Marco Aurélio de Araújo Barbosa – poder público

Mauro Gil – sociedade

 

RIO DE JANEIRO

Marco Andrade – poder público

Thatiana Murillo – sociedade

 

RIO GRANDE DO NORTE

Harinson Carpegeano Camara de Almeida – poder público

Kaynara Isabelle Ginani de Medeiros – sociedade

 

RONDÔNIA

Marta Luna – poder público

Marli Fabiana da Silva – sociedade

 

RORAIMA

Angelice Janesko Longo Pereira – poder público

Jeanne Christine de Andrade Sampaio – sociedade

 

RIO GRANDE DO SUL

André Luiz Nickele Córdova – poder público

Fabio Euclides de Mello Guimarães – sociedade

 

SANTA CATARINA

Maria Cristina Alcântara Andrade – poder público

Fábio Campos da Silva – sociedade

 

SERGIPE

Danilo Gomes Galvão – sociedade

 

SÃO PAULO

Silvia Lisboa – poder público

Humberto de Alencar – sociedade

 

TOCANTINS

Cleide de Sousa Morais – poder público

Simone Machado Gomes – sociedade

 

 

Mapa dos Representantes

 

Obs.: O OBSERVATÓRIO estará aceitando representantes para as vagas não preenchidas, sendo que os interessados passarão pelos mesmos critérios dos outros inscritos.

Faça um comentário