Ações & Notícias

Maio Amarelo no Recife conscientizou sobre vagas prioritárias

Ações em shoppings foram desenvolvidas em parceria com o Detran de Pernambuco e apoiadores do Movimento

Em parceria com entidades evolvidas na realização do Maio Amarelo,  o Detran PE (Departamento Estadual de Trânsito de Pernambuco) conscientizou motoristas nos shoppings da Região Metropolitana do Recife (RMR) sobre o uso das vagas prioritárias para idosos e deficientes.

Para alertar sobre a necessidade de respeitar as vagas prioritárias, as entidades envolvidas no maio Amarelo colocaram cadeiras de rodas em espaços comuns nos estacionamentos. Também apresentaram cartazes com as frases: “É só um minutinho, Volto já ;“Vai ser rápido, Já, já eu saio” e “Vou ali tomar um café rapidinho”.

Além disso, durante um dia da semana, cadeirantes estiveram presentes na ação. Eles atuaram em parceria com técnicos de educação, Turma do Fom-Fom e alunos da Uninassau, reforçando o trabalho educativo.

Outra iniciativa foi a aplicação de uma “multa moral”, que funcionou como alerta aos erros cometidos pelas pessoas que usam de forma indevida as vagas especiais, mostrando que o erro não é apenas moral, mas legal. A medida alertou os condutores que, em vez da multa educativa, poderia ter sido uma multa real.

 

Maio Amarelo

O Movimento Maio Amarelo tem por objetivo chamar a atenção da sociedade para o alto índice de mortes e feridos no trânsito em todo o mundo. Criado pelo OBSERVATÓRIO Nacional de Segurança Viária na esteira da determinação da Assembleia-Geral das Nações Unidas  (ONU) que editou, em março de 2010, uma resolução definindo o período de 2011 a 2020 como a “Década de Ações para a Segurança no Trânsito”,  o Maio Amarelo é uma ação coordenada entre o Poder Público e a sociedade civil.

A intenção é colocar em pauta a segurança viária e mobilizar toda a sociedade para discutir o tema, estimulando o cidadão a promover atividades voltadas à conscientização, ao amplo debate das responsabilidades e à avaliação de riscos sobre o comportamento de cada um, dentro de seus deslocamentos diários no trânsito. Ações do Maio Amarelo são desenvolvidas em todos os estados brasileiros e em outros 26 países nos cinco continentes.

Os acidentes de trânsito no Brasil foram responsáveis em 2014 (últimos dados oficiais disponíveis) por cerca de 43 mil mortes. Vale lembrar também que, em decorrência deles, um contingente extremamente superior passa a conviver com sequelas e invalidez permanente, por exemplo. Além disso, os custos com os acidentes de trânsito representam montante de R$ 56 bilhões que poderiam ser voltados a ações sociais.

Neste ano de 2017, o Maio Amarelo tem como tema “Minha escolha faz a diferença”, que visa alertar que no trânsito todos têm de estar muito atentos para a escolha certa, já que dados apontam que as causas de 90% dos acidentes no país estão ligadas a falhas humanas (imperícia, imprudência, entre outros).

Faça um comentário