Ações & Notícias

Carreata e acordo técnico entre 2 estados encerra Maio Amarelo

Ourinhos/SP e Jacarezinho/PR promovem evento unificado para assinatura de acordo entre DETRANs

Uma carreata ocupou as ruas de Jacarezinho/PR, e a BR-153 até a cidade de Ourinhos/SP, para marcar o encerramento do Maio Amarelo naquela região, após cerimônia que reuniu os departamentos de trânsito (DETRANs) dos estados de São Paulo e do Paraná. A solenidade foi realizada nas dependências do SESC/SENAC.

Participaram dos eventos o presidente do DETRAN PR (Departamento de Trânsito do Paraná), Marcos Traad e do DETRAN de São Paulo, Maxwell Borges o prefeito de Jacarezinho, Sérgio Eduardo Emygdio de Faria, representante da concessionária de rodovias Econorte, da (PRF) Polícia Rodoviária Federal, entre outras autoridades. Ao final, os presidentes dos órgãos de trânsito assinaram termo de cooperação técnica entre os dois estados.

A importância do Maio Amarelo como instrumento capaz de conscientizar a sociedade sobre a necessidade de redução do número de mortos e de feridos graves em todo o Brasil e no mundo foi apontada em todas as falas dos integrantes da mesa, durante a solenidade. O Movimento vai se consolidando, deste modo, não só apenas nas grandes, mas também nas cidades brasileiras de menor porte. Convidado pela organização, OBSERVATÓRIO Nacional de Segurança Viária foi representado no evento por seu gerente-técnico, Renato Campestrini.

Maio Amarelo

O Movimento Maio Amarelo tem por objetivo chamar a atenção da sociedade para o alto índice de mortes e feridos no trânsito em todo o mundo. Criado pelo OBSERVATÓRIO Nacional de Segurança Viária na esteira da determinação da Assembleia-Geral das Nações Unidas  (ONU) que editou, em março de 2010, uma resolução definindo o período de 2011 a 2020 como a “Década de Ações para a Segurança no Trânsito”,  o Maio Amarelo é uma ação coordenada entre o Poder Público e a sociedade civil.

A intenção é colocar em pauta a segurança viária e mobilizar toda a sociedade para discutir o tema, estimulando o cidadão a promover atividades voltadas à conscientização, ao amplo debate das responsabilidades e à avaliação de riscos sobre o comportamento de cada um, dentro de seus deslocamentos diários no trânsito. Ações do Maio Amarelo são desenvolvidas em todos os estados brasileiros e em outros 26 países nos cinco continentes.

Os acidentes de trânsito no Brasil foram responsáveis em 2014 (últimos dados oficiais disponíveis) por cerca de 43 mil mortes. Vale lembrar também que, em decorrência deles, um contingente extremamente superior passa a conviver com sequelas e invalidez permanente, por exemplo. Além disso, os custos com os acidentes de trânsito representam montante de R$ 56 bilhões que poderiam ser voltados a ações sociais.

Neste ano de 2017, o Maio Amarelo tem como tema “Minha escolha faz a diferença”, que visa alertar que no trânsito todos têm de estar muito atentos para a escolha certa, já que dados apontam que as causas de 90% dos acidentes no país estão ligadas a falhas humanas (imperícia, imprudência, entre outros).

 

Faça um comentário